Atores

apresentando · feminino

Lilian Regina

Download Release
IDIOMAS:
Inglês Inglês
+ fotos
+ personagens
+ vídeos
Lilian Regina_IDIOTXS MAGNÍFICXS
Lilian Regina_vivo
Lilian Regina_Inútil Canto e Inútil Pranto Pelos Anjos C
Lilian Regina_Itaú
+ cinema | música | teatro | tv

Curta metragem - Quando o Céu Escurece

Jasmin Tenucci

2020

Um curta sobre o dia que virou noite na cidade de São Paulo. Na história, acompanhamos Lúcia, uma mulher grávida que depois daquele dia fica ambivalente sobre ter esse filho. Precisando de respostas e uma comunidade, Lucia conhece e se conecta com Nicole, uma frequentadora de igreja evangélica que parece ter tudo planejado. A partir daí, Lúcia, que nunca foi religiosa, passa a frequentar a igreja. Mesmo que a igreja seja indiscutivelmente problemática, ela encontra o que não sabia que precisava.

Série "Mundo Mistério"

Felipe Castanhari

2019/2020

Felipe Castanhari explora os mistérios da ciência e da história para provar que aprender pode ser divertido. Ele é auxiliado pela doutora Tay, o zelador Betinho e também por B.R.I.G.G.S., uma inteligência artificial.

Espetáculo "Uma Janela Para o Mundo"

Guilherme Corrêa

2019

O espetáculo infantil, conta a história de três meninas inventivas cheia de imaginação, que se reúnem em seu QG para ter idéias mirabolantes. O espetáculo conta com o patrocínio da Uber, que nos proporcionou a viajar várias capitais do Brasil.

Espetáculo "Idiotxs Magníficx"

Cristiane Paoli Quito

2018/2019

É um espetáculo em formato de jogo, no estudo a partir da linguagem do palhaço e da dança. Preparação corporal feita por Tarina Quelho, a partir do BMC – Boring Mind Centering.

Espetáculo "Inútil canto, inútil pranto pelos anjos caídos"

Rogério Tarifa

2017/2019

Espetáculo feito a partir do conto do Plínio Marcos, escrita pelo autor em 1977 sobre a morte de detentos que se rebelaram numa cadeia de Osasco-SP, na montagem, o conto foi inteiramente transformado em música e é cantada em coro por 19 atores e atrizes em cena que fala sobre a situação do sistema carcerário, trazendo questões raciais e de classe. Par além disso é uma intervenção cênica ato-espetáculo e musical sobre o encarceramento em massa no Brasil.

Espetáculo "Três Pretos – Valor de uso"

José Fernando Peixoto de Azevedo

2018

A peça integra o projeto de mesmo nome, que desde setembro trouxe para o Sesc Pompéia debates acerca de obras produzida por autoras e autores negros, por meio da atividade “pensamento negro brasileiro”. A peça remete ao valor como base, para crítica das formas de alienação da vida, na modernidade ou da perspectiva da colônia, preto tem sido reduzido a um valor de troca: preto-escravo, preto-café e preto-petróleo. Três fontes de energia e de valor. Três tempos de um mundo que avança trazendo ruína.

Série 3%

César Charlone

2016

Em um futuro não muito distante, o planeta é um lugar devastado. Aos 20 anos, todo cidadão recebe a chance de passar por uma rigorosa seleção para ascender ao Maralto, uma região farta de oportunidades. Porém, apenas 3% consegue chegar lá.

Web série – Sala dos roteirista

Bernardo Barcellos e equipe.

2016

Hoje em dia, toda produtora brasileira que se preze tem que ter uma sala dos roteiristas. Afinal, os americanos já têm isso há muito tempo. E se lá o famoso writer’s room é tão velho quanto a própria televisão, aqui ainda é um bebê que mal sabe andar. E quando a produtora orgulhosamente começa a montar seu espaço de criação, surge sempre um problema insolucionável: em toda sala de roteiristas, infelizmente é preciso colocar roteiristas. Sala dos roteiristas pretende brincar com esse universo ainda incipiente – mas já cheio de histórias para contar.

Espetáculo "Macbeef"

Horizontal e colaborativa

2015

Releitura de Macbeth de Shakespeare, dentro de uma perspectiva politica do biopoder e necropolítica. Estréia na Cia do Pássaro, mas percorrendo várias localidade de São Paulo.

Espetáculo "Diga que me ama, me abrace de vez em quando"

Silvana Garcia

2015

O espetáculo são fragmentos de peças potentes que constitui toda a pesquisa, tais como: Além do Horizonte de Eugene O’Nill; O Zoológico de Vidro de Tennessee Williams; Frozen de Brionyy Lavery; Polaróides Explicitas de Mark Havenhill; Music Rall de Jean-Luck Lagarce. Os fragmentos que deram corpo ao espetáculo, apesar de textos tão distintos e épocas muito distantes de si, existiam muitos mais elos e verberações que a principio poderíamos supor.
ver mais ver mais